Manual de antropometria: pontos anatômicos das dobras cutâneas

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

A antropometria é uma das atividades mais importantes do nutricionista e, entre os protocolos de avaliação corporal rápidos e de baixo custo, as dobras cutâneas se destacam pela fidelidade dos resultados. 

Para isso, é necessário dominar os pontos anatômicos, a fim de garantir um resultado com a mínima variação de resultados, quando o protocolo é aplicado pelo mesmo avaliador. 

É importante ter ciência de que os resultados de uma avaliação só devem ser comparados consigo mesmo. Diferentes avaliadores, obtêm diferentes resultados. 

Embora exista um valor limitado aceitável para resultados entre avaliadores distintos, é recomendado que a comparação seja realizada apenas entre o mesmo avaliador.  

Na prática, isso significa que não é ideal que os resultados de uma avaliação antropométrica de outro profissional seja usada como referência para comparação com resultados encontrados na sua avaliação. 

Você vai precisar de… 

Para realizar uma avaliação antropométrica, serão necessários equipamentos essenciais no consultório de um nutricionista: 

  • Balança 
  • Fita métrica 
  • Adipômetro 
  • Caneta de fácil remoção (para marcar os pontos anatômicos)


Protocolo: 

  • Para mulheres, é recomendável evitar a realização das medições durante o período menstrual, pois as variações hormonais podem afetar a retenção de líquidos e a espessura da pele.
  • Se possível, realizar as medições sempre no mesmo horário do dia para minimizar as variações diárias na retenção de líquidos e na espessura da pele.
  • A prática de exercícios intensos pode aumentar a circulação sanguínea e afetar temporariamente a distribuição de líquidos no corpo, influenciando as medições.
  • Recomenda-se evitar a ingestão de álcool e cafeína nas 24 horas que antecedem as medições, pois essas substâncias podem afetar a hidratação e a circulação.
  • Incentive a pessoa a manter-se hidratada, pois a desidratação pode afetar a elasticidade da pele, influenciando as dobras cutâneas.
  • Certifique-se de que a técnica de pinçamento da dobra cutânea seja consistente em todas as medições, evitando variações na forma como a dobra é pinçada.
  • Peça à pessoa para relaxar os músculos durante as medições, especialmente na região onde as dobras cutâneas estão sendo medidas, para evitar tensão muscular que possa afetar os resultados.
  • Caso a pessoa esteja tomando medicamentos que possam afetar a retenção de líquidos ou a composição corporal, é importante registrar essas informações para análise.


Procedimento:

Para o sucesso deste procedimento, é necessário familiarizar-se com os pontos anatômicos usados na medição das dobras cutâneas, que serão detalhados no próximo tópico. 

Durante a preparação, certifique-se de que o ambiente está adequado, com temperatura controlada, para evitar influências na espessura da pele. Peça ao paciente para usar roupas leves e remover objetos pesados.

Para a marcação dos pontos, certifique-se de que o ponto marcado seja visível mesmo quando a dobra cutânea estiver sendo pinçada.

O pinçamento da dobra cutânea pode ser a parte mais desafiadora, pois envolve fatores como habilidade do avaliador e a composição corporal do paciente. Utilizando o adipômetro, meça a espessura (mm) da dobra cutânea. Para isso, separe a com o dedo indicador e polegar a pele e a gordura subjacente, excluindo o músculo.

No registro das medidas, anote os valores obtidos em milímetros. É recomendável realizar cada medição pelo menos duas vezes para assegurar consistência nos resultados.

Para calcular a média das medidas obtidas para cada dobra cutânea, some os valores e divida pelo número de medições. Esse procedimento ajuda a reduzir possíveis erros e aprimora a precisão da estimativa de gordura corporal.

No cálculo da gordura corporal, utilize equações específicas, como as de Jackson-Pollock ou Durnin-Womersley, que são projetadas para converter as medidas das dobras cutâneas em uma estimativa percentual de gordura corporal. 

Pontos anatômicos das Dobras Cutâneas:

Dobra Cutânea Subescapular:

A dobra cutânea subescapular é medida de 1 a 2 centímetros abaixo do ângulo inferior da escápula.

  1. Peça à pessoa para ficar em pé, com os ombros relaxados.
  2. Identifique o ponto anatômico preciso e marque-o. 
  3. Utilize o adipômetro para pinçar a dobra cutânea, assegurando-se de incluir apenas a pele e a gordura subcutânea. 
  4. Meça a espessura da dobra cutânea em milímetros.

 

Dobra Cutânea Suprailíaca:

A dobra cutânea suprailíaca está localizada sobre a crista ilíaca, na linha axilar média. Para realizar essa medição, marque o ponto anatômico na crista ilíaca. 

  1. Pinçar a dobra cutânea verticalmente, entre o dedo polegar e o indicador, cerca de 2 cm acima do ponto marcado. 
  2. Certifique-se de que a dobra está sendo pinçada apenas entre o tecido adiposo e a pele. 
  3. Meça a espessura da dobra cutânea utilizando o adipômetro.

 

Dobra Cutânea Abdominal:

  1. A dobra cutânea abdominal é medida a uma polegada (2,5 cm) ao lado da cicatriz umbilical, na linha média do corpo. 
  2. Para realizar essa medição, marque o ponto anatômico lateral à cicatriz umbilical. 
  3. Pinçar a dobra cutânea horizontalmente, entre o dedo polegar e o indicador. 
  4. Certifique-se de que a dobra está sendo pinçada apenas entre o tecido adiposo e a pele. 
  5. Meça a espessura da dobra cutânea com o adipômetro.

 

Dobra Cutânea da Coxa:

  1. A dobra cutânea da coxa é medida na metade entre o joelho e o quadril, na parte anterior da coxa. 
  2. Para realizar essa medição, posicione a pessoa em pé, com os pés afastados na largura dos ombros. 
  3. Marque o ponto anatômico na parte anterior da coxa. 
  4. Pinçar a dobra cutânea verticalmente, entre o dedo polegar e o indicador. 
  5. Garanta que apenas a pele e a gordura subcutânea estejam incluídas na pinça. 
  6. Meça a espessura da dobra cutânea com o adipômetro.

 

Dobra Cutânea Bicipital:

  1. A dobra cutânea bicipital é medida na face anterior do braço, na metade entre o acrômio e o olécrano (cotovelo). 
  2. Para realizar essa medição, solicite que a pessoa mantenha o braço relaxado ao lado do corpo. 
  3. Identifique o ponto anatômico e marque-o. 
  4. Pinçar a dobra cutânea verticalmente, entre o dedo polegar e o indicador. 
  5. Meça a espessura da dobra cutânea utilizando o adipômetro.

 

Dobra Cutânea Tricipital:

  1. A dobra cutânea tricipital é medida na parte posterior do braço, na metade entre o acrômio e o olécrano. 
  2. Para realizar essa medição, posicione o braço da pessoa com o tríceps relaxado. 
  3. Marque o ponto anatômico e, em seguida, pinçar a dobra cutânea verticalmente. Certifique-se de que a dobra está sendo pinçada apenas entre o tecido adiposo e a pele. 
  4. Meça a espessura da dobra cutânea com o adipômetro.

 

Dobra Cutânea Axilar Média:

  1. A dobra cutânea axilar média é medida no ponto médio entre a borda inferior da axila e o mamilo. 
  2. Para realizar essa medição, marque o ponto anatômico na linha média entre a axila e o mamilo. 
  3. Pinçar a dobra cutânea na linha marcada, garantindo que apenas a pele e a gordura subcutânea estejam incluídas. 
  4. Meça a espessura da dobra cutânea usando o adipômetro.

 

Dobra Cutânea Peitoral:

  1. A dobra cutânea peitoral, para homens, é medida na metade entre o mamilo e a axila; para mulheres, na linha média entre o mamilo e a linha axilar média. 
  2. Para realizar essa medição, marque o ponto anatômico na área específica. 
  3. Pinçar a dobra cutânea horizontalmente, garantindo que apenas a pele e a gordura subcutânea estejam incluídas. 
  4. Meça a espessura da dobra cutânea utilizando o adipômetro.

 

Dobra Cutânea Panturrilha:

A dobra cutânea da panturrilha é medida na parte posterior da perna, na região da panturrilha, entre o joelho e o tornozelo.

  1. Posicione a pessoa em pé ou sentada, com os pés afastados na largura dos ombros.
  2. Marque o ponto anatômico na parte posterior da perna, na metade entre o joelho e o tornozelo.
  3. Pinçar a dobra cutânea verticalmente, entre o dedo polegar e o indicador.
  4. Garanta que apenas a pele e a gordura subcutânea estejam incluídas na pinça.
  5. Meça a espessura da dobra cutânea utilizando o adipômetro.

Independente do protocolo de avaliação corporal escolhido, certifique-se de seguir os passos com precisão para obter medidas consistentes e, posteriormente, utilize a média dessas medidas nos cálculos para estimar a porcentagem de gordura corporal.

Neste guia abrangente sobre os pontos anatômicos das dobras cutâneas, uma ferramenta valiosa para nutricionistas comprometidos com resultados precisos e consistentes.

Ao compreender a importância de dominar os pontos anatômicos, garantimos a fidelidade das medições, essenciais para avaliações confiáveis da composição corporal. Equipados com balança, fita métrica e adipômetro, embarcamos em um protocolo que respeita a individualidade do paciente.

Este guia é parte integrante do compromisso da Numax em capacitar profissionais da nutrição, encorajando a busca contínua pelo atendimento de excelência e precisão na avaliação corporal. 

A antropometria, quando realizada com maestria, torna-se uma aliada poderosa na promoção da saúde e no alcance de metas personalizadas.

Todas essas dobras e diversos protocolos de avaliação antropométrica estão disponíveis na Numax. 

Com o aplicativo, as informações são mais precisas, rápidas e simples de se obter. 

Basta realizar a avaliação e preencher os dados necessários para que o sistema entregue o resultado de indicadores como a porcentagem de gordura, Relação Cintura-Quadril, Peso Ideal, entre outros que você julgar necessários. Fácil e personalizável assim! 

Para facilitar você também sua prática nutricional, clique aqui e faça parte das milhares de nutricionistas que têm o dia a dia mais organizado!

Compartilhe essa postagem

Outras Postagens